Página principal
Sexta-feira , 18 de junho de 2021  
Efetuar Contato Página Principal
PERFIL DOS TRABALHADORES ASSENTADOS NO ASSENTAMENTO ITAMARATI, EM MATO GROSSO DO SUL
14/12/2003 - 11:25
 

Resumo: O objetivo da pesquisa apresentada neste artigo foi levantar informações sobre o perfil socioeconômico e cultural das famílias dos trabalhadores assentados no Assentamento Itamarati, para subsidiar a elaboração do Plano de Desenvolvimento do Assentamento (PDA). Os objetivos específicos foram definidos como descrever e analisar: a) os dados pessoais e familiares; b) a experiência dos assentados em movimentos sociais, cooperativas e associações; c) a relação com os órgãos públicos de assistência; d) a expectativa com relação ao futuro no assentamento, quanto ao sistema de autogestão e quanto à capacidade de financiamento; e) a concepção sobre reserva legal; f) a experiência profissional anterior com relação à agropecuária e fora da área; g) a expectativa com relação ao desenvolvimento da pecuária, à produção de cereais, olerícolas e fruticultura. Entende-se que o conhecimento do sistema de referência dos trabalhadores, pode possibilitar a elaboração de um plano que- ao definir metas de produção- contemple o homem como síntese de múltiplas determinações, com seus valores, sentimentos e expectativas, produzidas historicamente. Esse pressuposto justificou a presente pesquisa. Do ponto de vista acadêmico a pesquisa pode contribuir para que se conduza análise e discussão das políticas públicas de atendimento a esses trabalhadores considerando: o perfil dos mesmos, a expansão da demanda por assentamentos e os limites impostos à materialização dessas políticas. Os dados foram coletados a partir da definição de uma amostra de 200 trabalhadores. Entrevistas foram realizadas por entrevistadores treinados para esse fim. O instrumento de coleta de dados foi submetido à pré-teste e as questões foram reformuladas quando necessário. A análise dos dados teve como suporte o programa ACCESS da Microsoft, versão 98. Os dados coletados permitem afirmar que- de modo geral- os trabalhadores têm uma expectativa com relação à sua produção, seja para consumo seja para comercialização.Verificou-se que apenas as grandes culturas são vistas como alternativa para comercialização. A implementação das atividades produtivas- forma de organização da produção, financiamento da produção, suas responsabilidades e as funções do poder público- não são percebidas de forma suficientemente claras. Sobressai a expectativa de uma relação paternalista, por tempo indeterminado. 

Palavra-Chave: Assentamento, Reforma Agrária e Trabalhador Assentado

 
Voltar Visualizar PDF
 
 
 
Desenvolvido por Gestão Ativa WebDesign
Copyright © 2005 - 2021. Todos os direitos reservados.